Rede Amazônica de Inventários Florestais

Jungle Scene Jungle Scene Jungle Scene Jungle Scene Jungle Scene

Brazil BR-319

  • Julho - Agosto 2015
BR-319 Brasil (Fernanda Coelho de Sauza 2015)

A campanha de monitoramento da Rede Amazônica de Inventários Florestais (RAINFOR) em parceria com o Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) começou em julho de 2015, financiado por Newton NERC e coordenado por Oliver Phillips e Flavia Costa. Durante 4 semanas uma equipe formada por Fernanda Coelho, Adriane Esquivel e Thaiane Sousa liderou uma expedição de pesquisa apoiada por nove comunitários locais para remedir e monitorar 8 parcelas permanentes de 1-ha cada ao longo da rodovia BR-319. Estas parcelas foram instaladas em 2010 e 2011 entre os rios Purus e Madeira ao longo de uma rodovia federal de 850 km que liga Manaus-AM a Porto Velho-RO, no coração da Amazônia e incluindo uma das regiões com maior déficit de amostragem no mundo. Durante a campanha de campo a equipe efetuou medições de diâmetro, altura, informações adicionais em relação à infestação por cipós e modo de morte das árvores, alem de coletar centenas de recrutas e outros indivíduos nao identificados previamente afim de melhorar a identificação das espécies nas parcelas. Todas as parcelas monitoradas estão bem distribuídas ao longo do transecto da BR-319: Manaquiri Km 100 (3 parcelas), Igapo-Acu km 260 (duas parcelas) e Orquestra km 300 (3 parcelas). Agora em Agosto a  equipe continua o trabalho de remedição de mais 5 parcelas mais próximas a Porto Velho: Capana km 400 (3 parcelas) e Puruzinho km 620 (2 parcelas). O monitoramento destas parcelas irá fornecer os primeiros dados de campo que irá ajudar a responder questões fundamentais quanto a dinâmica florestal e os fluxos de carbono nesta parte da Amazônia brasileira.

Equipo de campo, BR-319 Brasil (Fernanda Coelho de Sauza 2015) Vouchers, BR-319 Brasil (Fernanda COelho de Sauza 2015)